Pular para o conteúdo principal

Como preparar seu filho para mudar de país

Algumas pessoas já me perguntaram se eu estou falando pra Laura o que vai acontecer. Sim, estamos. Mas ela não tem nem três anos ainda e acho que ela ainda não entende completamente o que essa mudança vai acarretar na vidinha dela.

Nós falamos pra ela que vamos para o Canadá, e que o Canadá é bem longe daqui. Falamos pra ela que vamos andar de avião pra chegar lá. Ela fica olhando pra gente, com aquele olhar curioso, mas tranquilo, como se o Canadá fosse um outro bairro da cidade. Nós também falamos pra ela que os avós e tios não vão junto conosco.

De vez em quanto ela fala com outras pessoas que ela vai pro Canadá. Um dia desses ela disse que queria ir no Canadá naquele dia e voltar. Eu ri, disse que ainda não era hora de ir pro Canadá, que ainda faltavam um monte de dias e noites até a gente ir.

Ela sabe que lá ela vai aprender a falar inglês. Ela arranha algumas coisinhas, como números. Alguns desenhos ela gosta de ver em inglês, como o Barney. Ela já reconhece o som do idioma, tem horas que colocamos DVDs em inglês e ela reclama pedindo pra colocar em português.

Eu não tenho dúvidas de que ela vai se adaptar rapidamente a esta mudança. Talvez seja mais fácil pra ela do que pra nós.

Laura e mamãe

Comentários

Renata disse…
Com certeza ela se adaptará rapido, Ana. E tb será a principal beneficiada com a mudança!
O blog ficou muito legal, indiquei para um amigo. O layout está lindo!
Beijos,
Renata
nanda disse…
Eu também tenho certeza que Laurinha vai dar um banho em todos os brasileiros no Canadá e vai ser uma brasileirinha canadense mais que perfeita!!!
Boa Sorte!!
Depois de algumas semanas no Canadá, vai parecer que a Laura apertou a tecla SAP e começar a falar inglês... Crianças aprendem muito rápido mesmo.
Meu filho menor vai fazer 3 anos e ele não nos preocupa tanto. Mas, o mais velho vai fazer 6 e está começando alfabetização. Talvez dê um nó na cabeça dele, mas estamos introduzindo palavras soltas pra ele aprender.
Já estamos começando a pesquisar escolas em Vancouver. Estamos procurando uma que tenha ranking bom num bairro bom também. Já decidiram pra onde ir?
Abs,
Marcelo e Julia
Oi Ana,
eu leio bastante o blog da Família 3M. Sei que cada caso é um caso, mas fico mais tranqüila quando vejo o quanto a adaptação da filhota deles está sendo serena.

Abraço,
CArol
Cláu Akamine disse…
Ana, as crianças possuem um poder de adaptação impressionante.
Com a Laurinha não vai ser diferente.
Ela irá se acostumar bem rápido com o novo ambiente e a saudade tem remédio... internet para ajudar no dia-a-dia e uma boa viagem de férias na casa dos avós. Ô coisa boa!
Tô torcendo muito por vcs.
Beijocas
bete disse…
Ana, como já te disse por email, eu tb me preocupo com isso em relação à Ila, mas acho q elas vão se adaptar mais rápido que nós! rsrsrsrsrsrs

Ela tb fala q quer ir pra Espanha amanhã, quem me dera! Ô ansiedade...
Vou acabar fazendo um blog tb pra dar uma desabafada básica hehehehehehe

A Laurinha tá cada dia mais lindaaaaaaaa.

bjs
Re e Li disse…
Ana, posso imaginar a sua preocupação, mas tenha certeza de que ela será a primeira a se adaptar, surpreendendo vcs!
Estamos aqui na torcida pela realização desse sonho!

Beijos
Eva Jucá disse…
Olá Ana,
Pode ter certeza que ela vai se adaptar rapidinho. Claro, vai ter horas que vai chorar de saudade dos avós, vc vai ter vontade de chorar junto :-( mas se segura, tente falar que no Canadá é melhor, que ela vê os avós pela net, e que um dia vcs vão visitá-los e vice-versa. Com o tempo eles se acostumam com a distância, se acostumam à vida daqui e adoram! Os meus filhos são assim. outro dia mesmo eles me falaram que adoravam morar aqui! Tem coisa melhor que isso? Fiquei tão feliz! :-)
Bjs
Eva Jucá
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Oi Ana,

O medo e a insegurança também nos acompanham quanto aos nossos filhos, mas tenho certeza que a adaptação deles será mais rápida e tranquila do que esperamos.
O mais importante será a escolha da primeira escola em Vancouver para a adaptação ser tranquila.
Tenho a certeza que no futuro eles nos agradecerão por essa mudança de vida.
Abração e está chegando a hora...
Jeanne disse…
Parabéns a todos vocês! Longa espera, hein? 1 ano! tomara que o meu não demore tudo isso!
Boa sorte e tudo de bom!
Bjs

Postagens mais visitadas deste blog

Você moraria em uma área de terremotos?

Aparentemente nós vamos (se tudo der certo!). Uma amiga minha, que também está com processo encaminhado e queria ir pra Vancouver, veio conversar comigo no início da semana perguntando se eu vi um documentário no Discovery Channel sobre um mega-terremoto que arrasou a costa oeste das Américas em 1700. Segundo especialistas, outro mega-terremoto desses está por vir, em algum momento entre agora e nos próximos 500 anos. Os mega-terremotos são espaçados de 200 a 800 anos, em média.

Aí eu fui catar na internet tudo sobre terremotos em Vancouver. E me deparei com muita informação, inclusive um departamento do governo canadense que cuida só disso, com monitoramento de todos os tremores que acontecem no país - não é só na costa oeste não, acontece em várias partes do Canadá, inclusive no Quebec.

Parece que tremores acontecem com frequência. A cidade tem melhorado a infra-estrutura de edificações para proteger contra grandes tremores e evitar estragos maiores. As pessoas são orientadas como pro…

35mm por 45mm

Quando comecei a ler as instruções do processo e toda a documentação necessária, fiquei muito intrigada com o tamanho das fotos: 3,5 x 4,5 cm. São necessárias 6 fotos. É isso mesmo, não é o padrão 3x4 que a gente conhece, esse meio centímetro de cada lado faz falta. E a especificação não fica por aí... o tamanho do topo da cabeça ao queixo tem que ter entre 2,5 cm e 3,5 cm. Tá tudo detalhado nesse documento, na página C-1.

Primeiro nós tentamos fazer em casa mesmo. Tiramos fotos digitais e manipulei o tamanho no Photoshop. Mas como meus conhecimentos na ferramenta são apenas para a web, é claro que não deu certo. Eu coloquei exatamente o tamanho pedido na régua do Photoshop e quando imprimiu naquele tamanho que eu pedi, a imagem ficou com uma resolução péssima. O que eu tinha que fazer era criar um arquivo em tamanho bem maior, pra quando imprimisse num tamanho menor, a resolução ficar boa. Mas aí tinha que fazer muitos cálculos e proporções pra saber o tamanho necessário do arquivo...…

Mudança - O que levar e o que deixar

Se me perguntarem o que eu levaria para o Canadá, responderia que levaria minha casa como ela é, com tudo dentro. Mas...

Sabemos que não dá pra levar tudo que queremos. No way! O jeito é classificar os objetos como "deixáveis", "duvidosos" e os "necessários".

Antes de classificar, saiba que é possível, sim, transportar o que você quiser para qualquer lugar do mundo. Mas, como na vida, tudo tem um preço. E que preço!

Diversas empresas efetuam o transporte mas só para ter uma idéia, o frete aéreo custa em média US$2,50/Kg ou US$6,00/m3. Ainda, as taxas adicionais de expediente, de armazenagem, de combusível e de emissão Cia. Aérea.

Por via marítima, algumas empresas cobram por metro cúbico. Como vai de container, neste caso compensa juntar com mudanças de outras famílias para fazer cair o valor do metro cúbico.

Com o dinheiro que você deixa de gastar com transporte, você pode comprar tudo no Canadá e de acordo com sua nova moradia. Se você não sabe onde vai mor…