<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d15371126\x26blogName\x3dDestino:+Canad%C3%A1\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://destino-canada.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://destino-canada.blogspot.com/\x26vt\x3d-4354411323080657729', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Destino: Canadá

Vocês perguntam, nós respondemos

Como vocês sabem, não é sempre que dá pra escrever. Eu sempre leio todos os comentários e alguns vêm com perguntas, que muitas vezes não conseguimos responder. Então, este post vai ser pra responder algumas das perguntas que vocês têm feito sobre os últimos textos.

Qual seguro saude fizeram antes de sair do Brasil?
Compramos o seguro por três meses do ISIS Budget. Contratamos o serviço através da mesma agência de turismo onde compramos as passagens aéreas.

Já conseguiu medico de família?
Ainda não. Como a nossa cobertura do MSP só vai ser válida a partir de 1o. de maio, ainda não temos o livrinho dos médicos e hospitais. Temos referência de amigos que já estão aqui há mais tempo e talvez no futuro a gente procure um desses médicos já recomendados.

Que delícia já ter feito uma entrevista de emprego! Espero que dê certo e boa sorte no voluntariado também.
Obrigada, Aninha (e todos os outros que desejaram sorte). Aquela entrevista não deu em nada até agora. Eu liguei esta semana pra saber a que pé estavam as coisas e a moça disse que a empresa tinha selecionado alguns candidatos mais experientes para entrevistar. Não me deu muitas esperanças. Fiz a mesma coisa com outras empresas para onde tinha enviado meu currículo e a resposta não foi diferente. Eu escrevi sobre a busca do emprego no meu outro blog, pra quem quiser mais detalhes. Mas é bem chatinha essa fase.

Quem conseguiu uma entrevista, na próxima sexta-feira, foi o André. Torçam por ele!

Sobre o voluntariado, eu tive que ligar lá e dizer que não ia conseguir começar agora. O André vai começar um programa de busca de emprego (job finding club) e são três semanas, o dia inteiro. Enquanto não conseguimos a escolinha da Laura, eu vou ter que ficar com ela e o voluntariado vai ter que esperar.

Você já pediu o subsídio do Governo para ver se consegue suporte financeiro no childcare da Laura?
Recebi um folheto sobre o subsidio da província, mas ainda não li atentamente para ver os critérios de aceitação. Mas você só pode se candidatar ao subsídio se a criança já estiver matriculada na escola. Esta semana visitamos algumas escolinhas e estamos recebendo respostas de algumas que devem abrir vagas nas próximas semanas. Esperamos que em breve a nossa Laurinha tenha uma escolinha pra frequentar e interagir com as crianças locais.

Marcadores: , ,

por Ana Paula às 14:54, ,

Saúde não é de graça

Uma das surpresas que tivemos quando chegamos foi descobrir que a saúde aqui não é 100% gratuita, como pensávamos anteriormente. Não sei se isso é assim também nas outras províncias, mas quem mora em British Columbia tem que pagar pela saúde. É como se fosse um plano de saúde do governo, que é aceito em todos os estabelecimentos médicos e hospitalares. O valor não é tão caro, como os planos de saúde no Brasil, nós pagamos 108 dólares para a família toda por mês.

Você deve se inscrever no MSP (Medical Service Plan) o mais rápido possível assim que chegar aqui. A nossa cobertura será efetiva a partir de 1o. de maio, mas a fatura já chegou aqui em casa. Optamos por pagar a cada três meses - você tem escolha de que forma pretende pagar pelo serviço.

Ainda bem que fizemos o seguro saúde antes de sair do Brasil. Isso é extremamente importante para os novos imigrantes, já que a cobertura médica só acontece no terceiro mês depois que você chega. Na semana passada precisamos levar a Laura numa clínica infantil, pois ela teve uma pequena infecção urinária. A consulta foi 100 dólares e o retorno foi mais 100! Ela já está melhor, graças a Deus. Agora vamos entrar com o pedido de reembolso com o seguro saúde.

E vocês, que moram em outras províncias? Também pagam pela cobertura médica para o governo ou não?

Marcadores: ,

por Ana Paula às 22:26, ,

Temporada de caça: escolas

Acredito que grande parte de vocês sabem que a educação aqui no Canadá é gratuita. Pelo menos o currículo básico, do jardim ao ensino médio (o meu antigo segundo grau). Acontece que as crianças aqui só entram na escola com 5 anos. Se você precisa deixar seu filho numa escolinha e ele ainda não tem 5 anos, você tem que pagar. E olha, paga-se bem caro.

São duas coisas distintas: o child care e o pre-school. O Child Care é o que conhecemos pelas creches do Brasil. Acho que é mais um lugar seguro onde seu filho vai poder brincar com outras crianças, sem muitas preocupações acadêmicas. Pelo que tenho visto, eles aceitam desde bebês de 6 meses até crianças em idade escolar (5 anos). O pre-school já é tipo um jardim de infância mais estruturado, mas não é o dia inteiro. Os programas de pre-school duram apenas 2 horas, seja de manhã ou de tarde. Se você opta pela pre-school, mas precisa que o filho fique o dia inteiro na escola, a criança fica no day care e na hora da "aula" ele vai pro pre-school (geralmente na mesma escola). No nosso caso, estou procurando um child care (ou day care) mesmo.

O custo é geralmente bem alto. O mais barato que tenho visto por aqui é 500 dólares pelo dia inteiro (das 7 da manhã às 6 da tarde). Mas é daí pra cima. Já vi até mais de mil dólares. Em valores absolutos, não é muito diferente do Brasil, pelo menos no Rio de Janeiro, onde as creches em período integral também eram por volta dos 700 reais (se você der MUITA sorte, porque a maioria era muito mais caro que isso).

Mas o pior não é nem o preço. É a fila de espera! Já liguei pra várias escolas e todas me dizem que tem fila de espera de 6 meses a 1 ano! Teve uma que eu fui que a fila tinha 2 anos de espera! Imagina! Daqui a 2 anos eu coloco a Laura na escola comum! Pra quem precisa trabalhar, não pode esperar 6 meses ou 1 ano pra achar um lugar onde o filho fique o dia inteiro... Se eu soubesse, tinha colocado ela na fila quando dei entrada no processo de imigração...

Essas escolinhas são as mais estruturadas e certificadas pelo governo da província. Existem outros lugares, que eles chamam de family day care. São famílias que tomam conta das crianças nas suas casas. Geralmente atendem até 8 crianças apenas. Essa opção eu ainda não verifiquei. E existem as babás, claro, que eu também ainda não vi direito como funciona.

Se alguém que já está por aqui há um tempo tem alguma dica pra gente, é mais que bem-vinda, viu? Estamos meio preocupados com a nossa pesquisa...

Além disso, precisamos estar trabalhando antes, porque é muito caro. E o dinheiro só vai embora...

***

Outras notícias:

Hoje tive minha primeira entrevista de emprego! É para gerenciar a intranet de uma grande empresa de transporte de petróleo. Vamos ver no que dá... Tenho mandado meus currículos pra algumas oportunidades e estou fazendo um cursinho de Carreer Planning, pelo governo. Está sendo bem interessante e depois eu escrevo mais sobre essa ajuda que o governo dá.

Vou começar o voluntariado na semana que vem. Serão 2 dias na semana, pelas manhãs. É uma organização que combate a violência contra a mulher. Deve ser bem interessante.

O André vai começar um cursinho de inglês. Ele não qualificou para o curso gratuito, porque não tem o nível tão básico (ainda bem, né?). Ele ficou no nível 4 dos 5 níveis oferecidos pela escola e começa daqui a 2 semanas. Ele também tem mandado o currículo para algumas vagas que encontramos na internet.

Marcadores:

por Ana Paula às 18:04, ,

Já estamos conectados

A gente só percebe o quanto somos dependentes da tecnologia quando ficamos sem ela. Estávamos sofrendo crise de abstinência mas finalmente compramos um computador e instalamos a internet. Tudo muito fácil e simples. Para a internet, passamos na loja da Shaw, assinamos um plano, "ganhamos" o modem e trouxemos para casa. Em questão de minutos estávamos conectados.

Neste meio-tempo nos ocupamos com a compra de objetos para a casa. Aos candidatos à imigração, preparem uma boa reserva financeira para esta fase porque os gastos inicias são muitos. Além do mais, aqui não tem "chá de panela". A vida aqui começa literalmente do zero.

Também nos inscrevemos na Biblioteca Pública de Burnaby, que é fantástica. Já pegamos alguns DVD's para a Laura e temos 7 dias para entregar. Ainda não tivemos a oportunidade de conhecer a de Biblioteca de Vancouver, que dizem ser ainda mais completa, além da arquitetura baseada no coliseu de Roma.

Ontem chegaram nossos SIN Cards, documento que nos permite trabalhar. Estamos ansiosos por poder usá-lo. :-)

Marcadores: ,

por André às 15:48, ,

Quem somos

Ana Paula e André

Ela, carioca, ele, paulistano. Deixaram a violência e falta de perspectiva no Rio de Janeiro para buscar novos desafios e esperança de um futuro melhor para sua filhinha em Vancouver, no Canadá.

Sobre o blog

O blog foi criado com intenção de registrar e compartilhar o processo da mudança, desde as primeiras pesquisas até sabe-se lá quando. Para informações sobre o processo de imigração Federal Skilled Worker para o Canadá, por favor visite os arquivos do nosso blog.

Chegamos no Canadá em fevereiro de 2007.
    Ontem: Rio de Janeiro
    Hoje: Vancouver, British Columbia
    Processo: Federal Skilled Worker

web blog

Assine o blog
Assine por e-mail

Text Link Ads

Atalhos

Posts recentes

Leitura obrigatória

Vancouver, BC, Canadá

Sites úteis

De lá

De cá

Arquivo

Powered By

Powered by Blogger
make 
money online blogger templates
eXTReMe Tracker


Website Counters

Foto: Stanley Park e Downtown Vancouver, de Warwick Patterson, no Flickr.