<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d15371126\x26blogName\x3dDestino:+Canad%C3%A1\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://destino-canada.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://destino-canada.blogspot.com/\x26vt\x3d-4354411323080657729', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Destino: Canadá

Estratégia financeira - Você já tem a sua?

O assunto é muito pessoal mas a estratégia financeira de um imigrante é algo que não pode ser negligenciado. E pode ser dividida em duas fases: antes e depois da imigração.

Enquanto no Brasil, você deve se preparar para o pagamento das taxas envolvidas no processo. E comprovar, para efeito de abertura do processo, que você possui recursos financeiros para imigrar com os valores mínimos exigidos.

O processo de imigração Federal exige que o imigrante tenha dinheiro suficiente para se manter nos primeiros 6 meses no país. Assim, a soma necessária para:

1 pessoa = $10168CAD
2 pessoas = $12659CAD
3 pessoas = $15563CAD

Já no Canadá, dadas as possibilidades de como levar seu suado dinheirinho, deixo como sugestão: do total exigido pela imigração, levar $500CAD em dinheiro para gastos imediatos onde TC não for aceito e o restante em TC. Acima desse valor, se for o caso, deixe rendendo aqui no Brasil e quando quiser, carregue o Visa TravelMoney para usar no Canadá.

O custo da imigração é proporcional à quantidade de pessoas que estarão nesta aventura. Quem imigra sozinho tem menos gastos do que quem vai acompanhado. Se levar filhos, a idade deles também influencia diretamente nas despesas. Para um casal, leve em conta um gasto mensal de $2000CAD. Some a isso os gastos iniciais de adiantamento de aluguel, compras iniciais no supermercado, as famosas "utilities", algumas mobílias, etc.

O tempo médio para um imigrante conseguir um emprego no Canadá, pelo que tenho acompanhado, é de 6 meses. Pode ser até menos. Mas pode demorar mais. Com relação a isso, entra a questão de encarar um "survival job" ou aguardar uma chance de emprego na sua área de formação. Mais uma vez a decisão é pessoal. O fato de só ver dinheiro sair não é nada fácil, ainda mais num de momento de adaptação que já exige muito da gente.

A dica quente: quando no Canadá, não se esqueça que as taxas de juros oferecidos pelos bancos brasileiros para investimentos financeiros é muito superior a oferecida pelos bancos canadenses. Talvez compense você deixar parte do seu dinheiro aqui ou enviar para cá (Brasil) para que cresça mais rápido. O que você acha de dar uma boa entrada para sua casa própria no Canadá?

Independente do seu contato/exposição com o mundo de finanças, estabeleça já a sua estratégia financeira.

por André às 14:22, ,

Dinheiro - Como levar para o Canadá

Assim que a gente envia os documentos para o consulado e não há mais o que fazer (a não ser esperar), resta a gente conhecer melhor a cidade-destino, pensar nos detalhes da mudança (o que levar ou deixar), nas possibilidades de trabalho (não dá para não pensar na experiência canadense) e ainda ... como levar o dinheiro para o Canadá?

Assim, existem diversas maneiras do imigrante levar dinheiro para o Canadá. Não vou contemplar aqui os serviços de remessas ou mesmo levar dinheiro na cueca (como nos mostrou recentemente um figurão político brasileiro). Mas vou apenas listar, com suas respectivas vantagens e desvantagens, as diferentes possibilidades do imigrante levar seu suado dinheirinho para o Canadá. Isto é, se sobrar algum depois das taxas dos vistos.

Então vamos lá:

Papel-moeda

Também conhecido como dinheiro vivo, grana, cash, bufunfa, dindin... tem a grande vantagem da óbvia liquidez, mas vejo diversas desvantagens:

- dificuldade de encontrar dólar canadense em casas de câmbio brasileiras, ainda mais nas cédulas desejadas;
- cotação não é das mais vantajosas, ainda mais pela pouca oferta da moeda no mercado;
- é assustador, mas se perder, perdeu.


Traveller Cheques

São cheques que contêm o nome do comprador que só são válidos após a assinatura do proprietário. Só vejo vantagens pois já usamos no Canadá e a experiência foi excelente. São elas:

- são vendidos em dólares canadenses (somente pela American
Express
*);
- no Canadá é aceito em hotéis, bancos, restaurantes, lojas e o seu troco, quando o caso, é em papel-moeda;
- tem seguro;
- quem tem cartão de milhagem Smiles (Varig) ainda obtêm 2% de desconto (quando comprado pela AMEX).

Transferência internacional entre contas

Essa é mais uma possibilidade. Enquanto os bancos locais canadenses só aceitem abertura de conta pessoalmente, o HSBC permite que você abra uma conta no Canadá estando ainda aqui no Brasil. Se for cliente HSBC, menos burocrático ainda. Poucos gerentes tupiniquins sabem disso e muito provavelmente você deverá ensiná-los como proceder se optar por esta "facilidade".

Não vou me ater aos detalhes mas quem tiver interesse é só avisar que crio um post específico, ok?

Bom, vamos às vantagens:

- não terá necessidade de portar altos valores em papel-moeda;
- chegará no Canadá com a conta ativa e com alguma antigüidade, que poderá ser útil para adquirir facilidades (crédito, financiamentos, etc);
- na imigração, se requisitado alguma comprovação financeira, basta apresentar ao agente o extrato bancário canadense.

Desvantagens:

- só pode adquirir cartão de crédito após 6 meses de conta no Canadá;
- a cada remessa você ou alguém com sua procuração deve assinar um contrato de câmbio na sua agência do Brasil.


Não há incidência de IR desde que os valores já estejam previamente declarados e cada remessa custa R$60,00, independente do valor remetido.


Visa Travel Money

Esse eu não conhecia até pouco tempo atrás. Quem me apresentou foi o Ary, que já está em Vancouver. É um serviço de cartão pré-pago oferecido pela VISA e para adquirí-lo deve-se entrar em contato com o Banco Rendimento.

Embora os créditos sejam feitos em dólares americanos, o saque será em dólar canadense. Acabam sendo 2 conversões, o que é uma desvantagem. Mas as vantagens são:

- é protegido por senha onde você pode fazer saques em qualquer caixa automático da rede Visa/Plus a qualquer hora;
- se por acaso algum estabelecimento não aceitar o VISA (o que acho muito pouco provável no Canadá), basta fazer o saque em dinheiro nos caixas automáticos;
- em caso de perda ou roubo do cartão além da rápida reposição, o valor armazenado ficará protegido. Só quem tem acesso à senha pessoal pode sacar o dinheiro;
- a cotação é a mesma dos Traveler Cheques.


Espero que estas informações sejam úteis e ajudem nas tomadas de decisões. Estabeleça sua estratégia financeira e $uce$$o.

por André às 14:40, ,

Os blogueiros que já estão indo

Está chegando a hora do embarque para alguns dos blogueiros que temos acompanhado de perto.

O Cleber e a Fabiana, já estão com os vistos nas mãos e embarcarão em março.

A Lu e o Wander também com os vistos nas mãos, chegarão em Toronto no próximo mês.

Luís e Tati já estão carimbando os passaportes para Sherbrooke, Québec com quase tudo pronto para o embarque.

Aprendemos muitas coisas nestes blogs e recomendo fortemente a visita. Muitas dicas e informações, o que tentaremos fazer mais daqui pra frente - tornar este blog mais informativo para tentar orientar os que ainda estão por aqui e, talvez, os que estão a caminho. Já são seis posts quase prontos que virão a seguir, tratando da estratégia financeira, como levar dinheiro pra o Canadá, mudança - o que levar ou deixar, a necessidade de ter um carro, carteira de motorista e moradia. Mas por favor, não criem grandes expectativas. :-)

Desde já desejamos todo o sucesso a estes e aos demais que também estão conseguindo transformar seus sonhos em realidade.

Parabéns!

por André às 11:22, ,

Craig's List

Você conhece o Craig's List?

Esse carinha, o Craig, criou um classificados na internet em 95. A princípio era só na área onde ele morava (San Francisco, CA). O negócio expandiu tanto e hoje há diretórios em várias cidades do mundo, inclusive Vancouver.

Lá você encontra de TUDO. Móveis, carros, imóveis para compra e aluguel, trabalho, emprego, livros, serviços...

Vale a pena conferir.

por Ana Paula às 09:51, ,

Quem somos

Ana Paula e André

Ela, carioca, ele, paulistano. Deixaram a violência e falta de perspectiva no Rio de Janeiro para buscar novos desafios e esperança de um futuro melhor para sua filhinha em Vancouver, no Canadá.

Sobre o blog

O blog foi criado com intenção de registrar e compartilhar o processo da mudança, desde as primeiras pesquisas até sabe-se lá quando. Para informações sobre o processo de imigração Federal Skilled Worker para o Canadá, por favor visite os arquivos do nosso blog.

Chegamos no Canadá em fevereiro de 2007.
    Ontem: Rio de Janeiro
    Hoje: Vancouver, British Columbia
    Processo: Federal Skilled Worker

web blog

Assine o blog
Assine por e-mail

Text Link Ads

Atalhos

Posts recentes

Leitura obrigatória

Vancouver, BC, Canadá

Sites úteis

De lá

De cá

Arquivo

Powered By

Powered by Blogger
make 
money online blogger templates
eXTReMe Tracker


Website Counters

Foto: Stanley Park e Downtown Vancouver, de Warwick Patterson, no Flickr.