Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2007

Teste prático de direção (Road Test) - Como é em detalhes

Esse post pode ser desinteressante para a grande maioria dos nossos leitores mas como um dos propósitos deste blog é informar, espero que ajude futuros imigrantes interessados em British Columbia.

O fato é que depois de fazer o teste de conhecimento (detalhes aqui) deve ser agendado o teste de direção. A habilitação brasileira é reconhecida aqui no Canadá e sua licença canadense vai constar que você dirige desde sua primeira habilitação brasileira. Isso conta para efeito de seguro.

Uma vez agendado o teste prático, você deve se apresentar junto com os documentos exigidos e aguardar ser chamado.

O teste começa antes mesmo de você ligar o carro. Ajuste os retrovisores e até mesmo o encosto de cabeça mesmo que eles estejam ok. Alem disso o examinador vai examinar as luzes do carro e pedir que você acenda os faróis, aplique setas, pise no freio e ainda pedir para acionar limpadores de vidro e fazer algumas sinalizações com a mão.

Não tenho intenção de abordar todos os ítens do teste mas vou e…

Aprovado!

Como publicado no post anterior, a semana passada poderia ter sido melhor se eu tivesse passado no Road Test (teste de direção). O fato é que foi muito frustrante ter sido reprovado pois desde que chegamos aqui sou o motorista oficial da família e não me lembro de ter recebido uma só buzinada. Mas valeu a experiência, a gente também deve saber aceitar os revezes.

O fato é que refiz o teste hoje e fui aprovado! Agradeço, especialmente, por todos os comentários que, com certeza nos deram muita força.

Enfim, a má notícia não teve vida longa. Ainda bem.

Notícias: uma má, duas boas

Na quarta-feira foi a vez do André fazer a prova de direção. Um amigo nosso o levou no local da prova. Você faz a prova no seu próprio carro ou tem que alugar um carro de auto-escola. Eu tinha saído, estava no trabalho voluntário, e quando estava voltando pra casa, liguei pra ele. "Não passei", ele disse. Eu pensei que ele estava brincando - ele adora brincar desse jeito comigo... Mas não, era verdade, ele não tinha passado mesmo. Os motivos? Bem, todos os candidatos recebem uma folha com as anotações do teste, mostrando os erros do motorista. O André acha que a examinadora não foi com a cara dele. Enfim, o que importa era que ele não tinha passado. E que a gente tinha gasto 50 dólares, e teria que gastar mais 50 pra ele repetir a prova.

A nossa quarta-feira foi muito triste. Ficamos super abalados com a má notícia, e eu fiquei morrendo de medo da minha prova, no dia seguinte. Se ele não tinha passado, como é que eu ia passar? Não que eu dirija mal, eu acho que sou boa motori…

Essa é pra quem mora em Ontario

O Gean pediu pra gente ajudar a divulgar a pesquisa que estão fazendo no Centro Brasil-Angola. Eles querem saber a opinião dos brasileiros que moram na província de Ontario.

Se você mora pras bandas daí, clique aqui pra responder a pesquisa. Se você conhece outros brasileiros que moram em Ontario também, encaminhe o link da pesquisa para eles.

***

E depois eu volto com notícias da prova prática de direção...

Três meses de Canadá

No sábado fez três meses que chegamos aqui. É pouco, mas tanta coisa já aconteceu nesse tempo! Estamos muito felizes de começar a construir novamente a nossa vida, num país diferente. O trabalho ainda não apareceu, mas temos fé que vai chegar a nossa vez.

Outro motivo de comemoração é que o André agora é tio (e eu também, por tabela!). A irmã dele teve neném ontem, dia 20. O Enzo é um bebê super fofo, e é nessas horas que a gente sente tristeza por não estar perto da família. A gente queria estar lá pra poder festejar junto com todos a chegada do mais novo membro da família. É o primeiro priminho da Laura! Mas, em breve a gente se encontra, se Deus quiser!

Vancouver International Children's Festival

Está acontecendo a 30a. edição do Festival Internacional Infantil de Vancouver. Todos os anos, por uma semana em maio, o Festival atrai centenas de famílias. As tendas são espalhadas no Vanier Park, com muitas atividades para crianças, shows de teatro, dança, música e artes visuais.

O músico Rick Scott diz: "Nesses tempos malucos em que vivemos, há pouquíssimos lugares onde as crianças têm segurança para aprender e se divertir. Neste mundo onde as crianças são invadidas por violência, ganância e propaganda, onde vão aprender a falar como se sentem? Com as artes sendo dizimadas das escolas e sendo consideradas irrelevantes, o festival infantil deve ser a nossa mais valiosa tradição".

A gente deve dar um pulo lá no Festival nesse fim-de-semana. Deve ser diversão garantida pra Laura - e pra gente também.

Quase habilitados para dirigir

Já demos os primeiros passos para termos a nossa carteira de motorista canadense. Confesso que demos muita bobeira em demorar tanto pra resolver isso. A carteira de habilitação brasileira só tem validade pelos três primeiros meses, ou seja, a nossa vence no próximo dia 19. A minha, pra piorar, venceu no dia 2 de maio. Eu não quis renovar a licença no Brasil porque viria pra cá, e agora é correr atrás pra tirar a carteira daqui o mais rápido possível.

É preciso fazer uma prova teórica e uma prática pra tirar a carteira de motorista. Aqui em British Columbia, você vai em qualquer agência do ICBC (Insurance Corporation of British Columbia), que é como se fosse o Detran no Rio de Janeiro. A diferença é que o ICBC faz tudo relativo a carro, incluindo seguro do automóvel, que é obrigatório e só pode ser feito através do ICBC.

Voltando à preparação para o teste. No ICBC você recebe um livreto com todas as regras de trânsito. Você pode ver o conteúdo do livreto nesta página. Depois de estudar o…

Quanto frio é muito frio?

A preocupação com o clima do Canadá é unânime em todos os candidatos a imigrantes. E não só eles, mas todos nossos familiares e amigos no Brasil sempre perguntam: como é que vocês aguentam esse frio?

Eu acho que a tolerância ao frio é muito pessoal. Cada um sabe o quanto aguenta de frio, e de calor também. Eu, por exemplo, não gosto de calor escandante, que é o clima do Rio de Janeiro. Aquela sensação ruim de sair do banho já suado, sabe? Eu sempre gostei de frio. No frio as pessoas andam mais arrumadas, se vestem melhor, é mais gostoso ficar debaixo das cobertas, tomar chocolate quente, uma sopinha bem feita, essas coisas. É disso que eu gosto.

De qualquer forma, levou um tempo, acho que uma semana, pra me adaptar ao clima daqui. Nós chegamos no fim do inverno, onde a temperatura média era de 5 graus Celsius. Isso é frio pra caramba pra quem saiu do Rio com mais de 30 graus. Nos primeiros dias eu saía toda encasacada, duas camadas nas pernas, meias e mais meias. Depois de uma semana de…

As cidades mais limpas do mundo

Uma matéria da Forbes do mês passado mostra as 25 cidades mais limpas do mundo. A primeira é Calgary. O Canadá tem 5 cidades na lista:

#1 - Calary
#4 - Ottawa
#10 - Montreal
#10 - Vancouver (empatada com Montreal e outras seis cidades em outras partes do mundo)
#21 - Toronto

Dentre os critérios para entrar na lista das cidades mais limpas estão: planejamento urbano, transporte, energia, tratamento de lixo, etc.

Nenhuma cidade do Brasil entrou na lista. E, estão vendo? Vancouver é mais limpa que Toronto! ;) Vem pra cá... ;)

Fonte: Favoritos

Imigrantes, na capa dos jornais

Aqui em Vancouver tem dois jornaizinhos que são distribuídos gratuitamente todos os dias nas ruas, o 24 Hours e o Metro News. Hoje, a manchete principal dos dois falava das dificuldades dos imigrantes em conseguir empregos nas suas áreas. As notícias foram geradas pelo relatório do Statistics Canada, publicado ontem.

A pesquisa do instituto de estatísticas do governo entrevistou milhares de imigrantes em 2002, quando eles estava aqui há seis meses, e entrevistaram muitas dessas mesmas pessoas dois anos depois, pra avaliar como elas se adaptaram ao país, principalmente focando no mercado de trabalho.

O resultado da pesquisa mostra o que a gente já sabia: muitos imigrantes qualificados não conseguem empregos nas suas áreas quando chegam aqui. Nos jornais vi histórias de médicos que vendem cachorro-quente na rua e contadores que viraram caixas de supermercado.

É um pouco frustrante ver essa dura realidade. Se chegamos aqui através de um processo que seleciona profissionais qualificados, por…