<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d15371126\x26blogName\x3dDestino:+Canad%C3%A1\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://destino-canada.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://destino-canada.blogspot.com/\x26vt\x3d-4354411323080657729', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

Destino: Canadá

Correria

Dá pra imaginar que a menos de 3 semanas da nossa partida (ai, caramba, falta só isso mesmo???) as coisas estejam corridas por aqui.

Todo mundo pergunta sobre os preparativos da nossa mudança, mas sabe que eu ainda não tive essa sensação da "mudança"? Estamos resolvendo pequenas coisas aqui e ali, mas ainda não bateu essa sensação. Talvez porque não vamos ter caminhão carregando móveis, esvaziando a casa. Deve ser isso.

Hoje comprei algumas roupinhas pra Laura. Claro que não é o mais apropriado pro frio de lá, mas a menina tem que chegar com alguma roupa, né? Então, achei uns conjuntos de moleton e blusas de manga comprida que podem ajudar na chegada. Achei uma bota legal pra ela também, que ficou toda boba com o calçado novo. Ela nunca tinha tido uma bota. Nem eu tenho pra dizer a verdade!

Domingo passado foi a nossa festa de despedida com os familiares. Como a maior parte dos parentes do André moram em outras cidades, a maioria dos convidados eram da minha família. Foi bom revê-los, talvez pela última vez em muito tempo. Dói mais no peito me despedir das minhas avós. Elas já estão tão velhinhas e me parte o coração pensar que pode ser a última vez que eu as vejo com vida (elas que não leiam isso aqui). *suspiros* Mas, faz parte, né? Não teve muito chororô como imaginávamos, com exceção de algumas tias e primas. Eu abraçava as pessoas e lembrava todos os bons momentos que tive junto com elas, coisas da minha infância, lembranças que guardarei pra sempre na minha mente e no meu coração. Ai, como é difícil deixar a família!

O carro já foi entregue, já estamos de carona. O dinheiro já está se convertendo em dólares canadenses. Consultas a médicos, dentistas e exames, todos marcados. E a expectativa só cresce...

A boa notícia, já de lá, é que recebi um email para uma entrevista de trabalho voluntário! Faz umas semanas eu pesquisei algumas vagas no site Go Volunteer e uma das organizações me retornou, marcando uma entrevista! Eu fiquei surpresa e muito feliz com isso. Mesmo sendo um trabalho não remunerado, já é um começo para adquirir a tal experiência canadense.

É isso, gente. Estamos por aqui, correndo com a vida e arrumando tudo para a nossa partida. Sabemos que os leitores ficam curiosos sobre os preparativos - eu mesma lembro de ter acompanhado outros imigrantes, que já estão lá, na época de suas partidas. A expectativa é grande. Sempre que der, a gente aparece por aqui.

Até a próxima!

Marcadores: , ,

por Ana Paula às 16:46, ,

Como preparar seu filho para mudar de país

Algumas pessoas já me perguntaram se eu estou falando pra Laura o que vai acontecer. Sim, estamos. Mas ela não tem nem três anos ainda e acho que ela ainda não entende completamente o que essa mudança vai acarretar na vidinha dela.

Nós falamos pra ela que vamos para o Canadá, e que o Canadá é bem longe daqui. Falamos pra ela que vamos andar de avião pra chegar lá. Ela fica olhando pra gente, com aquele olhar curioso, mas tranquilo, como se o Canadá fosse um outro bairro da cidade. Nós também falamos pra ela que os avós e tios não vão junto conosco.

De vez em quanto ela fala com outras pessoas que ela vai pro Canadá. Um dia desses ela disse que queria ir no Canadá naquele dia e voltar. Eu ri, disse que ainda não era hora de ir pro Canadá, que ainda faltavam um monte de dias e noites até a gente ir.

Ela sabe que lá ela vai aprender a falar inglês. Ela arranha algumas coisinhas, como números. Alguns desenhos ela gosta de ver em inglês, como o Barney. Ela já reconhece o som do idioma, tem horas que colocamos DVDs em inglês e ela reclama pedindo pra colocar em português.

Eu não tenho dúvidas de que ela vai se adaptar rapidamente a esta mudança. Talvez seja mais fácil pra ela do que pra nós.

Laura e mamãe

Marcadores:

por Ana Paula às 08:50, ,

Falta um mês

Não consigo nem acreditar que daqui a um mês estaremos a caminho do aeroporto. Aliás, não quero nem pensar nesse dia. Deixa pro dia mesmo.

Os preparativos estão a mil! Cancelamento de serviços, procurações, cancelamento de contas em banco. Até o carro nós já vendemos. No fim de semana tem festa de despedida com meus amigos da faculdade, no outro, com a família.

Está tudo bem encaminhado, os preparativos. Estamos pesquisando agora sobre os trâmites legais da saída (declaração de porte de valores, saída definitiva do país, imposto de renda, etc), depois colocamos um post explicadinho sobre esses assuntos.

Marcadores:

por Ana Paula às 07:56, ,

Meu outro blog

Agora que já contei no meu outro blog, também posso publicar aqui o meu blog pessoal. Eu não tinha feito isso ainda com medo de "vazar" a informação lá no Simples Assim. Ficava receosa de alguém desavisado acabar comentando lá sobre os nossos planos.

Algumas pessoas já sabiam do blog. Tanto daqui pra , como de lá pra cá. Mas a maioria não sabia um do outro. (Já confundi a cabeça de vocês?)

Mas agora que eu já falei deste blog aqui, também posso falar aqui do blog de . :)

Marcadores:

por Ana Paula às 03:58, ,

Sobre o Confirmation of Permanent Residence (CPR)

Antes de tudo, obrigada novamente a todos pelo carinho nos comentários e e-mails. Realmente é um baita alívio quando a gente recebe os passaportes com os vistos! Agora não depende mais de ninguém, somente de nós.

Quero escrever sobre alguns pontos interessantes da carta informativa que acompanha os vistos. Eu tive essas dúvidas há meses e acho que pode ser útil pra quem está no início ou meio do caminho do processo.

Bem, vamos lá.

Como é esse envelope? E o que vem dentro?
É bem grandão, maior que A4. Dentro vem os passaportes com os vistos, um adesivo na capa de cada um com o número do seu processo. Vem uma carta informativa de duas folhas (vou falar dela logo), o comprovante de depósito do pagamento da taxa final, as fotos restantes (pra quê eles pedem seis fotos se devolvem três?), um livreto sobre o Canadá, e os CPRs (Confirmation of Permanent Residence).

O que é o CPR?
É a Confirmação da Residência Permanente. É um formulário impresso, com todos os dados do "aplicante" (Eu tenho uma dificuldade enorme de achar as palavras em português correspondentes. Acho que isso só tende a piorar! *risos*). Tem um campo para assinar, mas eles pedem pra você não assinar o papel até ser orientado a fazê-lo, já na presença do oficial de imigração no aeroporto. Ou seja, deixe este formulário intacto até segunda ordem. Você deve conferir todas as informações do formulário, pra ver se está tudo correto.

Data de validade do visto
O visto do passaporte tem data de validade. Você deve entrar no Canadá até esta data, ou terá que refazer todo o processo de imigração novamente. O prazo de validade é de um ano contando da realização dos exames médicos. A nossa validade é até outubro deste ano.

Este visto não é o que tem validade de 5 anos. Eles não falam muito do Permanent Resident status nesta carta. Mas pelo que já li, depois que você chega lá, eles vão te mandar outro documento que será o seu "visto de permanência", por assim dizer. Este sim tem validade de 5 anos. O seu status pode ser revogado se você passar mais de 730 dias (2 anos) fora do Canadá, num período de 5 anos. Eles dizem que há exceções, mas não falam quais são elas.

Saúde
Eles pedem para a família levar a carteirinha de vacinação dos filhos. Nas escolas, eles pedem este documento para matricular as crianças. Podem ser requeridos: difteria, tétano, pólio, catapora, rubéola e sarampo (se eu traduzi tudo diretinho).

Você só pode usar o sistema público de saúde depois de três meses no Canadá. Até lá, é bom que você saia do Brasil com um seguro saúde, para te cobrir de possíveis despesas médicas enquanto você não pode usar o sistema público de saúde.

Dependentes acompanhando aplicante principal
Tivemos essa dúvida em algum momento. A idéia inicial era o André ir antes da gente, pra já ir procurando casa, essas coisas. Só que eu sou a aplicante principal do processo. Os dependentes não podem entrar antes do aplicante principal. Podem vir depois, mas não antes. Se os dependentes entrarem depois da validade do visto, eles terão que fazer todo o processo de imigração novamente.

Levando pertences
Você pode levar seus pertences sem pagar imposto. Pra isso, você deve levar duas listas para entregar ao oficial de imigração: uma com o que você está levando, outra com o que vai trazer depois. Se não mostrar essa lista do que vai levar depois, você pode até levar, mas terá que pagar imposto sobre as mercadorias. No nosso caso, só vamos levar roupas mesmo. Nada eletrônico e nenhuma mobília. Vamos começar do zero.

Livreto para imigrantes
Na carta vem também um livreto, que nós já tínhamos pra falar a verdade. Está disponível em PDF no site da Imigração Canadense. Se você não quer gastar papel e impressora, não precisa, você vai receber o mesmo livrinho quando finalizar o seu processo. As informações também estão disponíveis em formato HTML.

Bem, é isso. Espero te tenha sido útil pra quem ainda não sabia dessas informações.

Marcadores:

por Ana Paula às 03:28, ,

Chegaram nossos Passaportes

Finalmente, após um ano e algumas semanas nosso processo foi finalizado. Nossos passaportes chegaram hoje e estamos radiantes.

Já estamos com as passagens compradas e partiremos no domingo de Carnaval, dia 18 de fevereiro.

Queremos agradecer o apoio e o carinho de todos nas manifestações dos comentários e nos diversos e-mails que temos recebido.

Marcadores:

por André às 15:22, ,

Tomada de decisão

Eu recebi esta mensagem de um spa da cidade. Achei tão bonita e me identifiquei tanto que resolvi colocar aqui. Tem tudo a ver com o que estamos passando neste momento.

Todos sabemos quão difícil é tomar a decisão para se começar algo. Existe aquela vontade de fazer, às vezes é, até mesmo, um desejo imenso mas, não sabemos bem porque, não conseguimos levar adiante o nosso querer. Acredito que seja o universo testando a nossa real vontade para que, uma vez que tomemos a nossa decisão, tudo possa conspirar em nosso favor.

O mesmo acontece com a prática de yoga. Temos aquela curiosidade para recomeçar ou começar, já sabemos que nos fez e fará bem, mas acabamos por deixar para praticar amanhã. Faz parte do processo. A maioria de nós precisa se aproximar aos poucos, começar um namorico para então poder se entregar. Poucos têm a grande benção de mergulhar profundamente na própria vontade; não precisam começar por apenas molhar os pulsos... Depois a nuca... Conseguem se jogar mesmo! Seja qual for a sua intenção, lembre-se que, uma vez que a decisão tenha sido tomada, você pode confiar no Universo e ter a certeza de que ele fará tudo para apoiar você. Por isto, toda vez que tenho que tomar uma decisão, lembro-me da citação de W. H. Murray em The Scottish Himalaya Expedition, pois sei que vai me ajudar a engatar a primeira marcha:

"Em relação a todos os atos de iniciativa e criação, há uma verdade elementar cujo desconhecimento mata inúmeras idéias e esplêndidos planos: a de que, no momento em que nos comprometemos definitivamente, a providência se move também".

Uma seqüência de acontecimentos brota da decisão, fazendo surgir a nosso favor toda sorte de incidentes não previstos, encontros e assistência material, que nenhum homem poderia sonhar que pudesse vir em sua direção. Eu aprendi a respeitar profundamente esses versos de Goethe:

"O que quer que você possa fazer ou sonhe que possa, comece. A ousadia contém genialidade, poder e magia."

Marcadores:

por Ana Paula às 02:24, ,

RCI Viva




É o novo serviço de rádio pela internet da Rádio Canadá Internacional, em português.

Esta semana, eles entrevistaram a Eva e o Mauro numa reportagem sobre blogs de brasileiros no Canadá. Muito bacana!

Será que eles não precisam de jornalista lá em Vancouver, não, hein? ;)

Marcadores: ,

por Ana Paula às 02:51, ,

Destaque da semana

Hoje recebemos um email do site imera dizendo que o nosso blog vai ser destaque da semana! Olha que bacana!

O imera é um gerenciador de links gratuitos. Eu já tinha ouvido falar deste site, mas ainda não tinha visitado. É bem interessante.

Marcadores:

por Ana Paula às 01:34, ,

E 2007 está aí

Antes de tudo, Feliz Ano Novo! Que 2007 seja um ano maravilhoso pra todos vocês que acompanham a nossa jornada.

Pra nós, com certeza vai ser O ano. 2006 foi o ano da espera. 2007 vai ser o ano da realização, da concretização de um sonho, do início de muitos desafios.

E o ano já começou com a corda toda. Ontem eu pedi demissão no trabalho. Depois de tentar negociar a minha saída, e receber uma resposta negativa, eu infelizmente (ou felizmente, talvez) tive que redigir a minha carta de demissão. Que sensação estranha aquela! Eu fiquei tão aérea depois, sem saber como me sentir, meio abobada, sabem? Eu trabalhei lá por mais de cinco anos, foi o meu primeiro emprego depois de formada. Eu aprendi muito lá, tinham coisas ruins, claro, mas muitas boas também. E ontem, com algumas linhas num papel e uma assinatura, eu abdiquei de um dos meus vínculos mais fortes aqui no Brasil. É estranha a sensação de sair de um trabalho sem ter outro pra continuar, trocar a certeza pela incerteza.

Foi um ato de coragem, segundo meu marido, mas só Deus sabe o medo que senti. Que talvez ainda esteja sentindo. É uma aposta no futuro e foi um passo necessário para que este futuro comece a se realizar.

Eu ainda vou trabalhar, até o dia 26 de janeiro. Depois, vou ter algumas semanas em casa pra resolver as pendências e as tantas outras coisas que temos que fazer antes de partir.

Os passaportes ainda não chegaram. Mas a partida já está marcada para o mês que vem. Tomara que tudo dê certo no nosso planejamento e não precisemos adiar as passagens, que, aliás, são só de ida.

Ai, que frio na barriga!!! Pra vocês que já estão aí, essa sensação passa quando, hein? ;o)

Marcadores: ,

por Ana Paula às 01:11, ,

Quem somos

Ana Paula e André

Ela, carioca, ele, paulistano. Deixaram a violência e falta de perspectiva no Rio de Janeiro para buscar novos desafios e esperança de um futuro melhor para sua filhinha em Vancouver, no Canadá.

Sobre o blog

O blog foi criado com intenção de registrar e compartilhar o processo da mudança, desde as primeiras pesquisas até sabe-se lá quando. Para informações sobre o processo de imigração Federal Skilled Worker para o Canadá, por favor visite os arquivos do nosso blog.

Chegamos no Canadá em fevereiro de 2007.
    Ontem: Rio de Janeiro
    Hoje: Vancouver, British Columbia
    Processo: Federal Skilled Worker

web blog

Assine o blog
Assine por e-mail

Text Link Ads

Atalhos

Posts recentes

Leitura obrigatória

Vancouver, BC, Canadá

Sites úteis

De lá

De cá

Arquivo

Powered By

Powered by Blogger
make 
money online blogger templates
eXTReMe Tracker


Website Counters

Foto: Stanley Park e Downtown Vancouver, de Warwick Patterson, no Flickr.