Pular para o conteúdo principal

Experiência profissional mínima exigida

Muitas pessoas me escreveram e comentaram sobre porque eu não consegui usar toda minha experiência profissional para preencher o formulário da imigração. Resolvi então explicar um pouco sobre isso, já que é confuso mesmo, como vocês perceberam.

A primeira coisa é ler muito atentamente as instruções no site do Consulado. Segue abaixo a tradução da parte que fala sobre comprovação de experiência profissional.

Num outro post, eu comento sobre a minha experiência e como eu só pude usar 2 anos, ao invés dos mais de 6 em que eu já trabalho.

:::::::


Trabalhadores qualificados são pessoas que podem se tornar residentes permanentes porque têm habilidade de se estabelecerem economicamente no Canadá.

Você deve cumprir as exigências mínimas de experiência profissional para pode se candidatar como trabalhador qualificado:

- Deve ter pelo menos 1 ano completo de experiência profissional, com trabalho remunerado.
- Sua experiência profissional deve estar na categoria de Skill Type 0, ou Skill Level A ou B, no Canadian National Occupation Classification (NOC).
- Essa experiência deve ter ocorrido nos últimos 10 anos.
National Occupation Classification (NOC)
O NOC é um sistema de classificação de trabalho dentro da economia canadense. Ele descreve tarefas, habilidades e talentos das profissões.

Determine sua categoria no NOC
Siga os seguintes passos para verificar se sua experiência profissional se encaixa com os requisitos para se candidatar como trabalhador qualificado.

1) Encontre o título dos trabalhos em tempo integral que você teve nos últimos 10 anos usando a lista do NOC. Esta é a lista de todos os trabalhos que estão no Skill Type 0 ou nos Skill Levels A e B do NOC. Escreva o número de 4 dígitos localizado à esquerda do título do cargo.

2) Visite o site do NOC e digite o código do seu cargo no campo "Quick Search". O sistema vai mostrar uma descrição desse trabalho. Certifique-se de que a descrição e os "Main Duties" se encaixam com o que você realmente fez nos seus últimos empregos.

Observação: você não precisa atender o "Employment requirements" mencionado na descrição.

Se a descrição inicial bate com a lista de tarefas principais que você realizou nos seus empregos, você pode contar essa experiência quando se candidatar como trabalhador qualificado. Isso te dá pontos no Fator 3 dos Fatores de Seleção.

Se a descrição não condiz com a sua experiência, você pode não ter a experiência necessária para se candidatar como trabalhador profissional. Verifique a tabela do NOC para ver se outro cargo que você tenha ocupado nos últimos 10 anos se encaixa dentro da sua experiência profissional. Você deve ter pelo menos um ano completo de experiência para poder se candidatar.

3) Veja a lista de ocupações restritas. Se sua experiência profissional está dentro das ocupações restritas, você não poderá usá-la para qualificá-lo na categoria de trabalhador qualificado.

Você não preenche os requisitos mínimos se:
- nenhum de seus trabalhos se encontra na lista do NOC;
- sua experiência profissional não ocorreu nos últimos 10 anos; ou
- sua única experiência está listada dentro das ocupações restritas.

Se você não preencher os requisitos mínimos exigidos, sua candidatura como Trabalhador Qualificado será recusada.

Comentários

Renata disse…
Ana Paula, tudo bem?
EStou acompanhando o blog de vcs..será que teria como nos falarmos por email?
Se possível, mande respostas pra mim no seguinte endereço: relili_12@yahoo.com.br
Obrigada e boa sorte!
Anônimo disse…
Oi Ana Paula, tudo bem. Minha dúvida no momento é sobre esse assunto e sem dúvida acho que voc~e é a pessoa mais indicada para me orientar. Ainda não consegui entender como calcular o tempo de serivço através do NOC em relação as habilidades o,A ou B. Você poderia me explicar?Favor entrar em contato. jomara
jomaradomingues@hotmail.com
Nanny Kyrillos disse…
Oi Ana Paula, tudo bem?
Eu e meu marido estamos no processo federal e nossas datas são bem próximas a de vcoês. Venho acompanhando o seu blog e gosto muito. Depois que vc escreveu que refez o teste on-line lá fui eu refazer tb..rs..rs..rs..
Meu marido disse que era bobagem já que os documentos já estão lá! Mas na dúvida...r.s.rs..
Se puder inclua meu blog no seu. Eu já coloquei um link para o seu blog no meu :-)
Abraços
Nany Mendes
Erasmo & Elaine disse…
Olá André, Ana Paula e Laura...tenho acompanhado o blogs de vocês (show!!!). Embora nosso processo seja para Quebec (estamos aguardando a entrevista), me interessei pela possibilidade de abrir a conta no HSBC, mesmo estando ainda no Brasil. Teria como vocês nos fornecerem mais detalhes? Um forte abraço e boa sorte na jornada!!!
Anônimo disse…
Olá Ana, André e Laura,

Nós ainda não entramos com o processo, estamos na fase da separação dos documentos. Tirmos este final de semana para preencher os formulários. Não temos como falar por e-mail?? se quiser, pode mandar um para mim: ceciliabrandao@estadao.com.br. Fiquei interessada em saber mais sobre a conta no HSBC e tenho interesse em trocar idéias sobre Vancouver, pois estamos em dúvida entre Calgary (Alberta) e Vancouver. Também temos um filhinho de 5 anos.

Abraços

Cecilia
Anônimo disse…
Ai beleza cara seu site e muito legal
aqui na parte da lista do NOC minha experiencia nao esta nem no TYPE A OR B esta no C mas no site do NOC esta descrito o que fiz nesses ultimos 2 anos de experiencia cara naum entendir muito bem esse negocio naum poderia explicar melhor isso cara valew

obrigado
Anônimo disse…
Ai beleza cara seu site e muito legal
aqui na parte da lista do NOC minha experiencia nao esta nem no TYPE A OR B esta no C mas no site do NOC esta descrito o que fiz nesses ultimos 2 anos de experiencia cara naum entendir muito bem esse negocio naum poderia explicar melhor isso cara valew

obrigado

30/6/06 01:16
Diniz disse…
Oi Ana,

Gostei muito do blog de vocês e gostaria de tirar algumas dúvidas, principalmente sobre como é procurar emprego após o visto, se é fácil, etc... Caso você concorde, por favor me mande um e-mail: angela.sun@easynet.com.br.

Abraços,
Ângela
Anônimo disse…
Olá,

Por favor é possivel tirar algumas duvidas com voçês quanto a experiencia profissional por e-mail
cerqueirass@bol.com.br
Abraço
Cerqueira
Anônimo disse…
Nossa entrevista em SP é mes que vem, e como meu frances nao esta fluente ainda(eu sou o principal) e minha mulher ja tem um nivel avançado, estou desesperado, pois nao tenho ideia de como seja a entrevista, se o cara fuzila quinhentas perguntas em frances...se ele conversa em portugues....podem me ajudar contando como foi em detalhes a entrevista de vcs?
Tiago e Fernanda(tiagomg@hotmail.com)
Anônimo disse…
Olá Ana e André, me chamo André também, e gostaria de perguntar algo para vocês, só que não encontro outra maneira de comunicar com vocês a não ser por aqui, espero que vocês possam ler e atender meu pedido.
Gostaria de saber mais certamente quanto gastaria para dar entrada no processo de immigration, desde o início até o termino de todo o processo, inclusive qto levar para o Canada se no caso conseguisse que o processo desse certo???
Ficarei grato para sempre se puder mandar uma resposta p mim a respeito. Obrigado e boa sorte para vocês sempre, pois pela história de vocês, não exitaram a nenhum momento em deixar para trás tudo o que já havia conquistado e mesmo que houve desistência em algum momento, não deixaram ela vencer vocês, Parabéns.
elisa disse…
oi Ana,
no meu caso somos uma paulistana e um carioca procurando um futuro melhor para o nosso filho...
Achei ótimo o blog, esclareceu bastante em relação a qualificação profissional exigida.
Sabe como é, aqui a coisa tá tão feia que o ultimo concurso da Comlurb, a maioria dos candidatos tinha terceiro grau, senão pós graduação....gostaria de saber com relação à crianças, como é a adaptação,creche,colégio, esse tipo de rotina......
Camila Graciela disse…
Que bom que conseguiram, estou com meu processo em andamento, achei muito bom estar por um período no Canadá para entender melhor como as leis funcionam e também quanto a cultura, isso para mim foi fundamental para realmente ter a certeza sobre como é viver em um País diferente do que nascemos.
Achei super válido o blog de vcs estão de parabéns e me ajudou muito!!!
Tais Andressa disse…
Ana,

Bom Dia!

Eu tenho 2 anos de experiencia profissional mas nao fui regsitrada em carteira de trabalho será uma carta do empregador especificando as tarefas exercidas na empresa e quantas horas eu trabalhava por semana ajudariam a comprovar experiencia profissional?

Se você souber a resposta por favor help.

Obrigada
Tais
Unknown disse…
Olá,gostaria de conversar um pouco sobre victoria,estou planejando com minha esposa para morar lá um tempo,ela vai fazer uma pos em fisioterapia para pedir equivalencia de diploma,

Postagens mais visitadas deste blog

Você moraria em uma área de terremotos?

Aparentemente nós vamos (se tudo der certo!). Uma amiga minha, que também está com processo encaminhado e queria ir pra Vancouver, veio conversar comigo no início da semana perguntando se eu vi um documentário no Discovery Channel sobre um mega-terremoto que arrasou a costa oeste das Américas em 1700. Segundo especialistas, outro mega-terremoto desses está por vir, em algum momento entre agora e nos próximos 500 anos. Os mega-terremotos são espaçados de 200 a 800 anos, em média.

Aí eu fui catar na internet tudo sobre terremotos em Vancouver. E me deparei com muita informação, inclusive um departamento do governo canadense que cuida só disso, com monitoramento de todos os tremores que acontecem no país - não é só na costa oeste não, acontece em várias partes do Canadá, inclusive no Quebec.

Parece que tremores acontecem com frequência. A cidade tem melhorado a infra-estrutura de edificações para proteger contra grandes tremores e evitar estragos maiores. As pessoas são orientadas como pro…

35mm por 45mm

Quando comecei a ler as instruções do processo e toda a documentação necessária, fiquei muito intrigada com o tamanho das fotos: 3,5 x 4,5 cm. São necessárias 6 fotos. É isso mesmo, não é o padrão 3x4 que a gente conhece, esse meio centímetro de cada lado faz falta. E a especificação não fica por aí... o tamanho do topo da cabeça ao queixo tem que ter entre 2,5 cm e 3,5 cm. Tá tudo detalhado nesse documento, na página C-1.

Primeiro nós tentamos fazer em casa mesmo. Tiramos fotos digitais e manipulei o tamanho no Photoshop. Mas como meus conhecimentos na ferramenta são apenas para a web, é claro que não deu certo. Eu coloquei exatamente o tamanho pedido na régua do Photoshop e quando imprimiu naquele tamanho que eu pedi, a imagem ficou com uma resolução péssima. O que eu tinha que fazer era criar um arquivo em tamanho bem maior, pra quando imprimisse num tamanho menor, a resolução ficar boa. Mas aí tinha que fazer muitos cálculos e proporções pra saber o tamanho necessário do arquivo...…

Fora do ar por tempo indeterminado

Eu nunca pensei que fosse querer encerrar esse blog. Quem me conhece de outros blogs, sabe que eu adoro escrever blogs. O fato é que não há mais tempo. Agora que engatamos de vez na nossa rotina daqui, não sobra tempo pra blogar direito. Eu já tenho o meu outro blog e lá vou continuar escrevendo, mas não exclusivamente sobre as coisas do Canadá.

Outro fator que nos fez dar um tempo com o blog, pra ser bem sincera com vocês, foi um pouco de chateação com a quantidade de emails que recebemos perguntando sobre o processo, sobre a vida aqui, sobre o mercado de trabalho aqui em determinada área. Tem gente que nem se dá o trabalho de ler os arquivos. Tem gente que escreve perguntando do processo de Quebec. Tem gente que vem estudar aqui e quer que a gente indique acomodação. Tem gente que quer saber se o mercado de trabalho em engenharia química ou biblioteconomia (são exemplos, tá) é bom aqui. Tem gente que pergunta se aqui em Toronto (!!!!!) é legal... Ou seja, totalmente sem noção.

Quem já…