Pular para o conteúdo principal

Chegamos em Vancouver

Enfim, chegamos!

Eh tanta coisa que eu nem sei como comecar! Bem, talvez primeiro pedindo desculpas pela falta de acentuacao no texto. :)

A viagem foi muito boa. Bastante cansativa, mas correu tudo bem. A Laura nos surpreendeu e suportou mais do que imaginavamos. Quando nos ja estavamos mortos de cansados, ela ainda estava cantarolando, pulando e fazendo graca pra gente. Ela ainda ficou um pouquinho resfriada na viagem, mas esta bem.

Saimos do Rio as 20 horas. O aviao parou em Sao Paulo, onde pegamos outra aeronave para Chicago. Chegamos nos EUA as 5 da manha (horario local) e ficamos 4 horas esperando o voo para Vancouver. O voo ainda atrasou quase meia hora, e chegamos em Vancouver a 1 da tarde (horario local). A diferenca de horario sao seis horas a menos que no Brasil (horario de verao). Ou seja, no Brasil ja eram 7 da noite. Quase 24 horas viajando.

Como se nao bastassem as longas horas de voo, tomamos um belo cha de cadeira na imigracao. Passamos pelo primeiro guiche que nos encaminhou pra uma sala especial para mostrar a documentacao da imigracao. Soh que a gente chegou bem depois de um aviao que deve ter vindo da China! Pegamos a senha numero 62. Estavam atendendo o numero 30 ainda! E so tinham duas pessoas atendendo. Foram quase 3 horas esperando pra ser atendido ali. Um martirio!

Fomos bem atendidos em todos os lugares por onde passamos. Ate mesmo na imigracao americana, pra nossa surpresa! Quando falamos que eramos imigrantes, a moca nos felicitou e foi muito bem humorada em nos atender. Como trouxemos mais de 10 mil dolares, tivemos que passar por outros oficiais, mas ate isso foi tranquilo. So tivemos que mostrar o dinheiro uma unica vez, ja no Canada.

As malas. Como foram 3 baldeacoes de aviao, ficamos bem preocupados com elas. O Andre dizia sempre que iam extraviar. Pra nossa supresa, todas chegaram em Chicago normalmente. Mas nao em Vancouver. Uma delas nao chegou, mas eles vieram entregar ontem mesmo, antes das 10 da noite.

Estamos na casa de uns amigos. Eles foram nos buscar no aeroporto e nos receberam com todo carinho na sua casa. Aqui esta bem frio. Bem, talvez nao tao frio como na costa leste do pais, mais frio para 3 cariocas que sairam do Rio com 35 graus Celsius, suando assim que sairam do banho no domingo. Ja experimentamos a famosa chuva de Vancouver tambem. :o)

Enfim, e muita coisa pra falar! Mas acho que esta bom pra um comeco de relatorio, ne?

Ate a proxima!

Comentários

Carol disse…
Estou arrepiada. Ontem mesmo o meu marido comentou que parece que foi ontem que nós olhamos o blog de vcs pela primeira vez e vcs JÁ estão em Vancouver. rs Muita espera para chegar neste momento não é?

Um abraço,
Carol
rachel disse…
Oi Ana, menina vcs naum saem da minha cabeca desde domingo. Acordei pensando em vcs...
Acho que pq ja passei por isso (a mudanca) e sei qta expectativa a gente constroi para esta mudanca.
Fiquei feliz em saber que deu tudo certo e que vcs estao bem. Torco para que continue tudo indo muito bem e que vcs fiquem cada vez mais felizes ai.
Bjos na Laurinha e pra vcs dois.
Rachel
Aninha Reis disse…
Ai Ana, estou emocionada !! Que tudo continue dando certo por aí!
Beijocas em vocês !
Lana disse…
Ana querida, que seja um recomeço muito saudável. Que as oportunidades saibam ser aproveitadas e que as dificuldades não sejam intransponíveis. É o que eu lhe desejo de todo o coração. Sejam muito, muito felizes. Um beijo, Lana
Paulo disse…
Parabéns pelo landing.. estamos batalhando para chegar ai também!.
Ana, estou feliz por vocês terem começado com o pé direito, apesar dos atrasos. :-) Agora queremos mais notícias e FOTOS! :-)

Muitas, muitas, muitas felicidades pra vocês.

Beijos,
Silvia
Re e Li disse…
Nossa, que alívio saber que chegaram bem!
Continuamos na torcida!
Descansem um pouco e voltem quando puderem pra dar notícias...
beijos
Micheli disse…
Estamos felizes por vcs,parabéns!!
Que bom que chegaram bem.Agora queremos saber todas as novidades,fotos,e dicas que vc passa com todo carinho.
Boa sorte
bjos
Ana

Estamos felizes pelo sucesso na chegada e agradecidos por nos manter informados já que durante o carnaval pensamos muito em como vcs estavam por aí.

Felicidades
Ariel disse…
Ana e André.

Desejo a vocês muita sorte nesse recomeço.

Venho acompanhando-os há cerca de dois meses e também tenho vontade de um dia estar aí no Canadá.

Confesso que, mesmo não os conhecendo, estou muito feliz e emocionado por essa realização. E claro, torcendo para tudo dê certo daqui para frente e que o Canadá corresponda com suas expectativas.

Abraços,

Ariel
Jaque disse…
Que maravilha!
Que alegria!
É uma sensação tããããooo boa tudo isso!
Nossa!
Estou feliz por vocês!
Sucesso, felicidades e saúde: votos repletos de carinho brasileiro!
Jaque disse…
Que maravilha!
Que alegria!
É uma sensação tããããooo boa tudo isso!
Nossa!
Estou feliz por vocês!
Sucesso, felicidades e saúde: votos repletos de carinho brasileiro!
Diniz disse…
Que bom que tudo correu bem...

crianças sempre nos surpreendem nestas horas, e a Laura deve estar curtindo tudo, afinal é tudo novidades...

Felicidades, a todos...

Só para não esquecer recebemos no carnaval a nossa carta solicitando os documentos.. acho que agora falta pouco, quem sabe não nos encontramos antes do inverno deste ano..detalhes no blog.

Diniz (rio-canada.blogspot.com)
Beta disse…
Ai Ana, que legal. Dá uma emoção ler isso tudo, rsrs. Trás mais novidades logo tá? Bjinhos
Cláu disse…
Oi, Ana! Graças a Deus vcs chegaram bem... a viagem realmente foi muito cansativa... que bom que Laurinha manteve o humor, criança realmente é tudo de bom!
Beijocas e muita sorte pra vcs aí!
Cláu

Postagens mais visitadas deste blog

Você moraria em uma área de terremotos?

Aparentemente nós vamos (se tudo der certo!). Uma amiga minha, que também está com processo encaminhado e queria ir pra Vancouver, veio conversar comigo no início da semana perguntando se eu vi um documentário no Discovery Channel sobre um mega-terremoto que arrasou a costa oeste das Américas em 1700. Segundo especialistas, outro mega-terremoto desses está por vir, em algum momento entre agora e nos próximos 500 anos. Os mega-terremotos são espaçados de 200 a 800 anos, em média.

Aí eu fui catar na internet tudo sobre terremotos em Vancouver. E me deparei com muita informação, inclusive um departamento do governo canadense que cuida só disso, com monitoramento de todos os tremores que acontecem no país - não é só na costa oeste não, acontece em várias partes do Canadá, inclusive no Quebec.

Parece que tremores acontecem com frequência. A cidade tem melhorado a infra-estrutura de edificações para proteger contra grandes tremores e evitar estragos maiores. As pessoas são orientadas como pro…

35mm por 45mm

Quando comecei a ler as instruções do processo e toda a documentação necessária, fiquei muito intrigada com o tamanho das fotos: 3,5 x 4,5 cm. São necessárias 6 fotos. É isso mesmo, não é o padrão 3x4 que a gente conhece, esse meio centímetro de cada lado faz falta. E a especificação não fica por aí... o tamanho do topo da cabeça ao queixo tem que ter entre 2,5 cm e 3,5 cm. Tá tudo detalhado nesse documento, na página C-1.

Primeiro nós tentamos fazer em casa mesmo. Tiramos fotos digitais e manipulei o tamanho no Photoshop. Mas como meus conhecimentos na ferramenta são apenas para a web, é claro que não deu certo. Eu coloquei exatamente o tamanho pedido na régua do Photoshop e quando imprimiu naquele tamanho que eu pedi, a imagem ficou com uma resolução péssima. O que eu tinha que fazer era criar um arquivo em tamanho bem maior, pra quando imprimisse num tamanho menor, a resolução ficar boa. Mas aí tinha que fazer muitos cálculos e proporções pra saber o tamanho necessário do arquivo...…

Mudança - O que levar e o que deixar

Se me perguntarem o que eu levaria para o Canadá, responderia que levaria minha casa como ela é, com tudo dentro. Mas...

Sabemos que não dá pra levar tudo que queremos. No way! O jeito é classificar os objetos como "deixáveis", "duvidosos" e os "necessários".

Antes de classificar, saiba que é possível, sim, transportar o que você quiser para qualquer lugar do mundo. Mas, como na vida, tudo tem um preço. E que preço!

Diversas empresas efetuam o transporte mas só para ter uma idéia, o frete aéreo custa em média US$2,50/Kg ou US$6,00/m3. Ainda, as taxas adicionais de expediente, de armazenagem, de combusível e de emissão Cia. Aérea.

Por via marítima, algumas empresas cobram por metro cúbico. Como vai de container, neste caso compensa juntar com mudanças de outras famílias para fazer cair o valor do metro cúbico.

Com o dinheiro que você deixa de gastar com transporte, você pode comprar tudo no Canadá e de acordo com sua nova moradia. Se você não sabe onde vai mor…